De férias da TV desde o fim de Gênesis, MICHELLE BATISTA , curte a merecida folga depois de emendar dois trabalhos {antes da novela bíblica ela havia feito Amor Sem Igual}. Engano, a bela de 35 anos, que nasceu em São Gonçalo {RJ}, está aproveitando o tempo para produzir o conteúdo para o GiMi , canal de youtube feito com sua irmã gêmea, Giselle Batista . “A página representa justamente o meu encontro com a Gi” , diz Mixa na entrevista que você confere agora:

VA: Você estudou para ser atriz? Quais são suas formações?

MB: Eu sou formada em Artes Cênicas pela Unirio e em Jornalismo pela UFRJ.

VA: Quando você saiu da casa dos seus pais? Foi pra onde? Sempre morou sozinha?

MB: Saímos os 3 juntos, eu, minha irmã e meu irmão. Eu tinha 20 anos na época e fomos morar juntos os 3.

VA: Você e Gi trabalharam juntas algumas vezes {como em Malhação (2007); no espetáculo e série Clandestinos (2010); e em O Rico e Lázaro (2017)}. Como é contracenar com sua irmã gêmea? Vocês têm planos de voltar a dividir a cena?

MB: Trabalhar com a Gi é sempre muito legal, nós sempre temos algum plano juntas, mas são encontros pontuais, não gosto de fazer isso sempre.

VA: Além da Gi você tem um outro irmão, o Bruno. Quantos anos ele tem? Como é a relação entre duas irmãs gêmeas e um irmão mais velho? {Assista aqui o vídeo do Canal GiMi com os três irmãos Batista.}

MB: Ele tem 38 anos, 3 anos a mais que nós duas. Meu irmão é muito parceiro, temos uma relação de muita amizade.

VA: Você mora no Rio de Janeiro e a Gi em São Paulo. Tem muitas saudades? Como vocês lidam com essa distância?

MB: Acho que nos dividir entre Rio e São Paulo é maravilhoso. Dá saudade, mas é muito bom pra gente e saudável pra nossa relação também.

VA: recentemente você mudou o visual, e em vídeo recente no GiMi vocês exibiram as transformações capilares das duas {assista aqui } . O seu cabelo atual é da Mixa ou para alguma nova personagem? E qual dos seus parece o seu preferido?

MB: No momento tô com o cabelo que eu quis ter, não é pra personagem nenhuma. Acho gostoso mudar. E gosto de mim em várias possibilidades. Tento curtir todas as fases.

VA: Há alguns meses você namora o Chef Pedro, mas antes disso você já cozinhava – afinal, mora sozinha desde muito nova. Aliás, você cozinha bem? Tem ânimo pra ir pra cozinha preparação pratos só para você? E como é o relacionamento de vocês? A comida é um fator que os une? O que é mais importante pra você nessa união?

MB: Eu amo cozinhar e comer! Então foi uma aproximação muito natural. O Pedro é um companheiro incrível e a gente se ajuda muito.

VA: Vocês sempre mostram seus pais {dona Maria das Graças e seu Genival}. Mesmo morando fora da casa deles o vínculo é muito forte? 

MB: Sim, nós somos uma família muito unida e eu gosto de manter essa proximidade com eles. Meus pais são muito atenciosos e carinhosos e eu aproveito isso ao máximo.

VA: Sua participação em Gênesis acabou recentemente. Como foi pra você esse trabalho?

MB: Foi muito importante pra mim, sem dúvida meu trabalho mais especial na TV aberta. Fiquei muito contente com o retorno do público e gostei do resultado no ar.

VA: Você tem alguma semelhança com a Lia? Qual?

MB: Eu sinto que assim como a Lia eu sou uma pessoa solar, que procura ver o lado bom das coisas. Mas a fé na vida que a Lia tem é impressionante demais, uma lição pra todos nós.

VA: Gênesis é uma superprodução. Quando vocês gravam a gravar? Como era uma caracterização?

MB: As gravações definidas com muita antecedência, então foram muitos meses nesse projeto. Mais tempo gravando do que no ar com a novela. A caracterização da Lia era muito fácil. Praticamente nada. Nada de secador, babyliss ou maquiagem pesada. Era meu cabelo totalmente natural como ele é, com uma faixa pra ficar mais comprido só. E a maquiagem a mais natural possível, corretivo e blush bem discretos e só. Ficava pronta em poucos minutos.

VA: Na novela você interpretou Lia e Adinah, sua mãe. Quais as diferenças entre as duas? Já tinha interpretado dois papéis em uma só trama?

MB: Não, nunca dividido dois papéis assim. A Adinah, além de ter uma caracterização maior, era mais mulher e mais segura que a Lia. Mas ambas eram doces e amorosas.

VA: Lia formava um triângulo amoroso com Raquel e Jacó. Como foi trabalhar com Thais Melchior e Miguel Coelho?

MB: O Miguel havia interpretado o meu irmão em Amor Sem Igual e a Thaís eu conhecia da vida, mas nunca tinha trabalhado com ela. Trabalhar com eles foi muito fácil !!! Eles são competentes, talentosos e excelentes parceiros de cena. Com certeza o sucesso desse trabalho está conectado a essa energia incrível que existia entre a gente.

VA: O público reagiu à Lia? Quais formas de abordagem você teve?

MB: Todas as abordagens foram sempre muito carinhosas. O público torceu e defendeu a Lia o tempo todo. Foi muito especial.

VA: Você emendou dois trabalhos – Amor Sem Igual e Gênesis. Está aproveitando as férias ou já tem novos planos?

MB: Estou aproveitando as férias da TV e focando no canal GiMi e em outros projetos pessoais que quero fazer em breve. Mas estou em ritmo de férias ainda, tentando descansar um pouco.

VA: Amor Sem Igual foi a primeira novela inédita na TV brasileira depois da pandemia. Como foi gravar com os novos protocolos de segurança?

MB: Foi bem mais difícil, porque nós que estar sempre em estado de atenção. Muitos exames, muitos protocolos, mas a felicidade de estar fazendo um produto inédito de qualidade em tempos tão difíceis.

VA: Gênesis não foi seu primeiro trabalho bíblico {antes fez O Rico e Lázaro e Milagres de Jesus}. Gosta desse tema na dramaturgia?

MB: Apesar de ter estado em outras duas produções bíblicas, essa foi a minha primeira personagem bíblica real. Então tem um peso e uma responsabilidade enorme. Acho que o mais difícil nesse tipo de história é que a gente precisa pensar um personagem de acordo com os costumes da época. Não dá pra julgar com os trajes de hoje. Então é necessária muita pesquisa e estudo.


VA: Como eram os bastidores de Gênesis? Qual era o clima quando não estavam gravando?

MB: O clima dos bastidores foi muito maravilhoso, conseguimos reunir um elenco muito integrado e divertido. Foi um prazer estar com eles!

VA: Entre 2013 e 2018 você fez a série O Negócio, na HBO Brasil. Como era sua personagem? Você e as outras protagonistas mantém contato?

MB: Nós somos grandes amigas desde então, muito íntimas mesmo. Sempre estamos presentes na vida uma da outra, essas meninas são muito especiais pra mim. A minha personagem era maravilhosa !!! A Magali era a mais nova e mais desmedida de todas. Então tive a oportunidade de fazer cenas incríveis na HBO, um marco na minha carreira.

VA: Desde 2017 você e a Gi estão com o canal GiMi . No primeiro vídeo disseram que não sabiam o que viria por aí e hoje são um sucesso. O que a página representa pra você?

MB: A página representa justamente o meu encontro com a Gi, o lugar onde a gente se permite estar sempre juntas e ser nós mesmos. É liberdade total.

VA: Como são definidos os temas e as gravações? O fato da Gi morar em São Paulo prejudica?

MB: Tudo é feito por nós duas. A gente vai tendo ideias e anotando. Gravamos local mais de um vídeo no mesmo dia. O fato da morar longe faz a gente ter que organizar mais, mas não prejudica não, acho até que aumente as possibilidades e possibilidades.

VA: Depois de tantos anos as pessoas já sabem que vocês são gêmeas ou ainda pensam que se trata de só uma atriz? Por exemplo, um Gi teve retorno de público pela Lia?

MB: Sempre tem alguém que não sabe, isso é muito curioso. A Gi fundida sim vários cumprimentos na rua pela Lia. E eu sempre recebo pelos trabalhos dela também. Ou as pessoas já chegam perguntando qual das duas que eu sou.

VA: Escolha um de seus personagens no Teatro, na TV e no Cinema. Quais os seus preferidos?

MB: Dos que eu fiz? Acho que a mais especial pra mim foi a Magali, de o Negócio, da HBO. Porque foram 5 anos nesse projeto e ela amadureceu junto comigo. foi uma trajetória muito especial.

VA: Nos conhecemos de uma coletiva de Malhação, seu primeiro trabalho na TV. O que mudou na Mixa de lá pra cá?

MB: Muitas coisas mudaram. Eu mudei muito. O nosso mercado mudou muito, se expandiu e ganhou outras possibilidades e territórios. Acho que nosso trabalho e os nossos desejos como artista vão amadurecendo com o tempo.


VA: No seu instagram, você sempre mostra looks e dá dicas de estilo. Qual sua ligação com a moda?

MB: Eu adoro moda. Acho que é uma maneira de se expressar, de dizer quem você é antes mesmo de abrir a boca. Mas vejo a moda com responsabilidade. É pra ser libertador e não uma prisão. Moda é feita pra se expressar e se divertir. E tem que ser possível para todos os custos e todos os bolsos. Ajuda na segurança e autoestima. E a gente tem que usar aquilo que a gente gosta e nos faz bem, não só o que tá na moda. Ter personalidade é mais importante do que seguir os padrões.

3X4 

Lia: Sol

Família: Segurança

Livro: poesia

Na sua bolsa não pode faltar …: grampos de cabelo

Comida: angú

Perfume: L’imperatrice

Ser digital influencer é …: uma responsabilidade

Aproveite os clique do making of de Gênesis:

Essa entrevista já estava pronta quando foi anunciado o final de Malhação , onde Michelle representou Clarissa Viana. Mixa aproveitou seu instagram para homenagear e lembrar da novelinha: “Olha eu lá toda cheia de colágeno na Malhação 2007 !!!! Foi muito bom fazer parte disso. E melhor ainda é ver cada um de vocês brilhando muito por aí. # Malhação # malhação2007 “

Em tempo: Todas as temporadas de “O Negócio” estão disponíveis na HBO Max . Ótima oportunidade de prestigiar o trabalho da Michelle.

Para curtir o canal GiMi click here .

Conheci a Mixa e a Gi na coletiva de imprensa de Malhação 2007 {na época os celulares com câmeras não eram tão comuns, por isso não tenho registro desse primeiro encontro}, e desde então acompanho de perto do trabalho delas, que sempre me com muita gentileza e simpatia. São minhas “geminhas preferidas”.

Mixa é um talento! Lia, sem dúvidas, é uma personagem que ficará marcada para sempre.

Sou muito grata por tê-la aqui na VISÃO.ARTE.

“Sucesso, querida !! Terá sempre os meus aplausos.”

Beijinhos e até a próxima,

Lathife Porto

Escrito por

Lathife Porto

Meu nome é Lathife Porto, sou comunicadora e apaixonada por moda e beleza {acessórios são vício!}, arte e cultura, decoração, arquitetura, e entretenimento.

Moro no Rio de Janeiro, estou sempre em Paraty {RJ}, mas você pode me encontrar em qualquer lugar do mundo – principalmente no mundo virtual.