SILÊNCIO!
Não no Estúdio ou na gigantesca Cidade Cenográfica de Os Dez Mandamentos. Silêncio dentro do ator. Há tempos ele aprendeu a arte do silêncio interno no meio do caos produtivo de uma gravação, mas nunca nessas dimensões, mais do que tudo o que já fez, a terceira fase da novela bíblica da Record tem ares de cinema.
Os mais íntimos já conhecem o silêncio de Petrônio Gontijo – ele costuma manifestar-se quando o ator tem uma cena marcante para gravar e/ou um grande desafio a enfrentar. Por isso eu entendi quando nossos comentários quase diários no final de cada capítulo acabaram. Era Arão na terceira fase. 
“Ame ao teu próximo como se fosse você” talvez seja o versículo bíblico que melhor defina Petrônio. Ele precisa se amar muito para dar espaço dentro de si para seus personagens. Para o desajeitado Tom, de Luz do Sol, era preciso lembrar de sua postura e vaidade; Rudi, de Poder Paralelo, o fez recordar do amor a si mesmo; Décio, de Máscaras, do limite da loucura. Sem falar em outros e outros e outros e outros.
E Arão? Irônico porque guardava o amor pelo irmão que foi tirado dele. Esposo apaixonado, assim como por todos os {muitos} filhos. Durão ao brigar com os que mais ama, mas derretido no amor e no perdão. O Arão da terceira fase é escravo há décadas e vê seus filhos sendo escravizados, assim como seu pai, já velho. No entanto alguns de seus filhos, seu pai, mãe, e irmã se mantém fiéis às promessas do Deus dos hebreus. O Deus que até então está calado. O Deus que mudará um povo através da sua voz.
E é preciso falar de Torquato, o bom médico de Essas Mulheres, e parabenizar meu amigo Pepi por ter sido finalista no Prêmio Contigo, e pelos reconhecimentos oficiais por Conselho Tutelar e Os Dez Mandamentos. Certeza que a Sol ficou tão eufórica quanto eu.
Shalom,
Lathife Porto

Escrito por

Lathife Porto

Meu nome é Lathife Porto, sou comunicadora e apaixonada por moda e beleza {acessórios são vício!}, arte e cultura, decoração, arquitetura, e entretenimento.

Moro no Rio de Janeiro, estou sempre em Paraty {RJ}, mas você pode me encontrar em qualquer lugar do mundo – principalmente no mundo virtual.