Oscar 2016: Cinderela

Após a trágica e inesperada morte do seu pai, Ella (Lily James) fica à mercê da sua terrível madrasta, Lady Tremaine (Cate Blanchett), e suas filhas Anastasia e Drisella. A jovem ganha o apelido de Cinderela e é obrigada a trabalhar como empregada na sua própria casa, mas continua otimista com a vida. Passeando na floresta, ela se encanta por um corajoso estranho (Richard Madden), sem desconfiar que ele é o príncipe do castelo. Cinderela recebe um convite para o grande baile e acredita que pode voltar a encontrar sua alma gêmea, mas seus planos vão por água abaixo quando a madrasta má rasga seu vestido. Agora, será preciso uma fada madrinha (Helena Bonham Carter) para mudar o seu destino… Essa é a história de Cinderela {Cinderella}.
Como recontar de forma minimamente original um dos mais famosos contos de fada de todos os tempos? Esse foi o desafio do diretor Kenneth Branagh, que usou o que há de melhor: tecnologia e um bom elenco.
Os detalhes que formam a magia, os cenários, o figurino… tudo está renovado e mais encantador. Até mesmo o sapatinho de cristal parece brilhar mais. A princesa é loira e linda, como a intérprete Lily James. A fada-madrinha tem um quê de caricata – personagem perfeito para Helena Bonham Carter. E o melhor: a madrasta. Cate Blanchett assume o papel da megera que quer casar as filhas e se livrar da enteada. Adoravelmente má.
Cinderela concorre ao Oscar de Melhor Figurino, assinado por Sandy Powell {a mesma de Carol, também estrelado por Cate Blanchett}.
Uma delícia de se ver.
O Oscar acontece dia 28 de fevereiro, e aqui na VISÃO.ARTE você conhece os principais indicados.
Até a próxima,
2016-02-24T22:07:00+00:00 0 Comentários

Sobre o Autor:

Lathife Porto
Meu nome é Lathife Porto, sou jornalista, assessora de imprensa, e apaixonada por arte e cultura. Moro no Rio de Janeiro, estou sempre em Paraty {RJ}, mas você pode me encontrar em qualquer lugar do mundo – principalmente no mundo virtual.

Deixar Um Comentário

A Visão Arte no Youtube