Nos Cinemas: Livre

Após a morte de sua mãe, um divórcio e uma fase de autodestruição repleta de heroína, Cheryl Strayed (Reese Witherspoon) decide mudar e investir em uma nova vida junto à natureza selvagem. Para tanto, ela se aventura em uma trilha de 1100 milhas pela costa do Oceano Pacífico. Essa é a história de Livre {Wild}.

Esqueça a advogada perua de Legalmente Loira; ou a cantora problemática de Johnny & June, pelo qual Reese Witherspoon ganhou o Oscar. Em Livre a atriz aparece totalmente sem vaidade, em uma caminhada contada pelos dias na tela, e que deixa o espectador agoniado na cadeira do cinema. A maratona de Cheryl tem seu motivo: purificar a alma e o corpo depois do trauma da morte da mãe e do que chamamos de chutar o pau da barraca.

Chuva, neve, rios, secas, riscos nos encontros com outros seres humanos, animais como cobras – Cheryl enfrenta de tudo fisicamente enquanto sua mente retorna a tudo o que viveu. A cada passo ela parece se perdoar, deixar para trás uma fase de sua anterior vida louca. E o caminho não é pequeno. A trilha conhecida como Pacific Crest Trail tem 4.200 Km, e inclui toda a costa oeste dos Estados Unidos, da fronteira com o México até o Canadá.

Para tirar o foco da beleza de Reese, o diretor Jean-Marc Vallée cobriu ou desapareceu com os espelhos. E o objetivo foi mais do que bem atingido: Reese está limpa como atriz, sem excessos ou clichês. Representar alguém ainda vivo é difícil, mas a atriz consegue emocionar com uma história tão próxima do que poderia ser para qualquer um de nós. A cada passo a própria Reese parece se encontrar, e se renovar como atriz. Um sucesso que vale sua indicação ao Oscar de Melhor Atriz. Além dela, Laura Derm, que interpreta a mãe da protagonista, também foi indicada como Melhor Atriz Coadjuvante.

Uma verdadeira experiência de vida, nos cinemas.

Até a próxima,

2015-01-22T22:22:00+00:00 0 Comentários

Sobre o Autor:

Lathife Porto
Meu nome é Lathife Porto, sou jornalista, assessora de imprensa, e apaixonada por arte e cultura. Moro no Rio de Janeiro, estou sempre em Paraty {RJ}, mas você pode me encontrar em qualquer lugar do mundo – principalmente no mundo virtual.

Deixar Um Comentário

A Visão Arte no Youtube