Nos Cinemas: Café Society

/, Cinema, Dicas culturais/Nos Cinemas: Café Society
Anos 1930. Bobby (Jesse Eisenberg) é um jovem aspirante a escritor, que resolve se mudar de Nova York para Los Angeles. Lá ele deseja ingressar na indústria cinematográfica com a ajuda de seu tio Phil (Steve Carell), um produtor que conhece a elite da sétima arte. Após um bom período de espera, Bobby consegue o emprego de entregador de mensagens dentro da empresa de Phil. Enquanto aguarda uma oportunidade melhor, ele se envolve com Vonnie (Kristen Stewart), a secretária particular de seu tio. Só que ela, por mais que goste de Bobby, mantém um relacionamento secreto. Essa é a história de Café Society.
Este é um filme de Woody Allen. Com Nova York do início do século XX como cenário. Com a Hollywood dos Anos Dourados como tema. Com judeus. Com uma trilha sonora espetacular. Com jovens atores protagonizando, e um talento consagrado brilhando além das supostas principais estrelas.
Sim, é delicioso.
Há os que dirão que “Woody Allen” não está em sua melhor fase. Outros dirão que “este filme é um dos melhores dos últimos tempos na carreira do cineasta”. Muitos odiarão, só isso. Outros aplaudirão. Na sessão de imprensa, os aplausos cobriram o silêncio – e é raro uma sessão para jornalistas render aplausos para um filme. Com seu adorável e efervescente Café Society, Woody Allen conseguiu.
O diretor se beneficia de três elementos do roteiro: a gloriosa Hollywood dos anos 1930 e seus figurinos glamourosos; o frescor dos jovens Jesse Eisenberg, Kristen Stewart, e Blake Lively. E a experiência firme e boêmia de Steve Carrell.
Ame-o ou odeio-o. Mas vá aos Cinemas. Por Woody Allen. Por seu elenco. Pela trilha sonora. Pelo figurino. Pela Hollywood do século passado. Pelo poder de renovação da arte.
Nos Cinemas.
Até a próxima,
2016-08-25T21:55:00+00:00 0 Comentários

Sobre o Autor:

Lathife Porto
Meu nome é Lathife Porto, sou jornalista, assessora de imprensa, e apaixonada por arte e cultura. Moro no Rio de Janeiro, estou sempre em Paraty {RJ}, mas você pode me encontrar em qualquer lugar do mundo – principalmente no mundo virtual.

Deixar Um Comentário

A Visão Arte no Youtube