O mundo da Moda se despediu nesta terça-feira de um dos seus principais ícones: Pierre Cardin morreu aos 98 anos, na França.

Italiano de nascimento, foi ainda criança para solo francês, onde Pietro tornou-se Pierre.

Ele foi único. O primeiro a criar coleções para homens, e a democratizar a moda através da “prêt-à-porter”. Foi também pioneiro ao lançar linhas unissex.

Futurista, seus desfiles eram verdadeiros espetáculos de cores e formas.

Seu primeiro emprego foi como alfaiate aos 14 anos. Em 1944 passou a trabalhar com a renomada estilista Jeanne Paquin. Foi então responsável pela criação dos figurinos do filme “A bela e a fera” (1946).

Em 1947 ingressou na Maison Dior, sendo o primeiro funcionário do já consagrado estilista.

Enfim, em 1959, fundou seu primeiro Ateliê que tinha como marca a ousadia. Apaixonado pelo futurismo, usava os materiais mais inusitados em suas criações, como o vinil.

Também tinha forte ligação com o Oriente. Foi o responsável pela primeira modelo japonesa a desfilar em Paris, e foi pioneiro como estilista ocidental a desfilar em Pequim.

Apaixonado pela vida, Pierre Cardin viveu intensamente seus 98 anos e deixa um legado eterno.

Gratidão.

Beijos e até a próxima,

Lathife Porto

Escrito por

Lathife Porto

Meu nome é Lathife Porto, sou comunicadora e apaixonada por moda e beleza {acessórios são vício!}, arte e cultura, decoração, arquitetura, e entretenimento.

Moro no Rio de Janeiro, estou sempre em Paraty {RJ}, mas você pode me encontrar em qualquer lugar do mundo – principalmente no mundo virtual.