A ABL {Academia Brasileira de Letras} elegeu três novos membros no mês de outubro.

No dia 09, o poeta Ferreira Gullar recebeu o direito de ocupar a cadeira 37, que pertencia ao poeta e tradutor Ivan Junqueira, morto em julho deste ano.
Aos 84 anos, Gullar é maranhense, e mora no Rio de Janeiro. Sua poesia é simples e profunda, além de ser um divertido palestrante.

Diplomata, historiador e escritor, Evaldo Cabral de Mello, de 78 anos, será o novo ocupante da cadeira 34 – que pertencia ao acadêmico e escritor baiano João Ubaldo Ribeiro, que morreu em julho, no Rio de Janeiro.

O último a receber a honra foi Zuenir Ventura, que no dia 30 tornou-se sucessor de Ariano Suassuna, morto em julho deste ano, na cadeira de número 32.
Perseguido pela ditadura militar, Zuenir tem como sua principal obra o livro 1968: o ano que não terminou. Além disso, escreve crônicas pra jornais.

Viva a literatura brasileira!

Até a próxima,