Os Dez Mandamentos: o significado das cores no Antigo Egito

/, Moda e Beleza, none/Os Dez Mandamentos: o significado das cores no Antigo Egito

Andando pelas ruas aqui do Rio de Janeiro, percebo em lojas, stands e camelôs bijuterias inspiradas no núcleo egípcio da novela Os Dez Mandamentos.

Entrei em contato com uma das co-autoras da novela, e através dela consegui o significado de algumas das cores do antigo Egito:

Azul: equivalia a dimensão celestial, própria dos deuses, como é o caso do Deus Amon, "deus de todos os ventos".
Verde: simbolizava a vegetação e o  início de uma nova vida. Osiris, deus da resurreição e da fertilidade, era frequentemente representado por esta cor.
Vermelho: Era utilizado para expressar a vida e a vitória, e também simbolizava a fúria e o fogo. Durante as celebrações muitos  egipciospintavam seus corpos de vermelho para simbolizar sua entrega e dedicação  para alcançar seus objetivos.
Branco: sugeria pureza e um poder superior e era a cor das cosas sagradas. Nas cerimônias e rituais eles usavam sandálias brancas paras simbolizar o respeito e sinceridade nas suas ações.
Preto: era a cor do "baixo mundo", da morte. Anubis, rei dos mortoss, era desta cor.

Sou bem curiosa, e estou pesquisando bijous que realmente tenham essa ligação. Se eu achar, vocês serão os primeiros a ver.

Obrigada a ajuda da Paula Richard, co-autora de Os Dez Mandamentos, e minha amiga de longa data. Parabéns!

Até a próxima,

2015-05-29T22:22:00+00:00 0 Comentários

Sobre o Autor:

Lathife Porto
Meu nome é Lathife Porto, tenho 33 anos, sou jornalista, assessora de imprensa, e apaixonada por arte e cultura. Moro no Rio de Janeiro, estou sempre em Paraty {RJ}, mas você pode me encontrar em qualquer lugar do mundo – principalmente no mundo virtual.

Deixar Um Comentário